PALMAS

POLÍTICA

Christian Zini afirma que Raul mente sobre BRT e usa famílias impactadas com “fins politiqueiros”

Zini afirmou que o candidato a prefeito Raul Filho (PR) mente sobre o projeto de mobilidade do BRT e usa famílias impactadas com “fins politiqueiros”.

Publicado em

O secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos de Palmas, Christian Zini, afirmou na manhã desta quinta-feira, 1º, que o candidato a prefeito Raul Filho (PR) mente sobre o projeto de mobilidade do BRT (Bus Rapid Transit) e usa famílias impactadas com “fins politiqueiros”.  

 

“O ex-prefeito mente ao dizer que é dele o projeto do BRT. Até aí, tudo bem, é uma prática comum dele, mas daí usar famílias impactadas nessa mentira para fins politiqueiros é um absurdo”, afirmou Zini.

 

A crítica de Zini se refere ao fato de Raul ter usado em seu programa eleitoral na TV que foi dele o projeto BRT de Palmas e falou sobre o tema com moradores do Jardim Aureny. 

 

“Ele, de novo, falta com a verdade. Como um prefeito que deixou a cidade daquela forma em 2012, repleta de buracos, na escuridão, com casos recordes de dengue iniciou um projeto dessa magnitude como o BRT?”, questionou Zini.

 

PROJETO DE PALMAS

Zini afirmou que o BRT é um projeto que se transformou em bandeira de Carlos Amastha ainda na campanha municipal de 2012. No ano seguinte, a então presidente Dilma Rousseff autorizou o projeto, com a liberação da verba para sua licitação, lançada em 2015. 

Leia Também:  Eduardo Madruga anuncia pré-candidatura a presidência da ATM

 

“O prefeito Amastha, diferente dos tradicionais políticos, não faz questão de assumir paternidade de alguns projetos. Ele não tem essa vaidade. Tanto é que ele diz que o BRT é um projeto de Palmas, de todos, desde aqueles que idealizaram Palmas há 27 anos até as futuras gerações. Mas, a verdade tem que ser dita. Quem lutou, brigou é Amastha”, comentou o secretário.  

 

AÇÕES CONCRETAS

Para justificar a sua declaração, Zini destaca alguns exemplos concretos da iniciativa de Amastha sobre o BRT. Além dos trâmites burocráticos do projeto, como a licitação, a prefeitura já pagou indenização a dez famílias impactadas pela expansão do sistema. São oito famílias do Aureny III e dois do Jaridm Santa Helena, que receberam escritura definitiva do novo terreno, no Aureny III. 

 

“A gestão discute também com outras famílias impactadas. Elas terão escritura definitiva do novo lote e serão indenizadas das benfeitorias do local impactado, ou seja, tudo que elas têm direito”, finalizou.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

POLÍTICA

Inscrições para cursos preparatórios se encerram nesta sexta-feira

Published

on

A Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Tocantins (Aleto) segue até sexta-feira, 19, com inscrições abertas para os cursos preparatórios ao Enem (presencial) e concursos públicos e pré-vestibular (online). As aulas começam na próxima segunda-feira, dia 22.

Para inscrever-se no cursinho ao Enem, o interessado precisa procurar a Escola do Legislativo, no prédio da Assembleia, no período matutino. Já na modalidade EaD (Ensino à Distância), as inscrições poderão ser feitas até o próximo dia 19, pela plataforma www.escolalegto.com.br.

Na plataforma digital de ensino à distância, a Escola do Legislativo está disponibilizando vagas para 11 (onze) cursos totalmente gratuitos, com destaque aos cursos preparatórios para pré-vestibular, 130 vagas, e 80 vagas para concurso público.

Já para o curso presencial preparatório ao Enem em Palmas, são 180 vagas. Neste ano, a Escola do Legislativo vai ofertar também vagas para o curso presencial na cidade de Gurupi. As inscrições se encerram nesta sexta-feira, 19.

Atualmente, estão matriculados 1.100 alunos de 60 municípios do Tocantins. A iniciativa conta com a parceria das câmaras municipais, que são multiplicadoras nas comunidades e sempre buscaram apoio do Parlamento para capacitações e cursos de aperfeiçoamento.

Leia Também:  Ataídes define coordenadores regionais para sua pré-campanha ao governo

Egressos

O estudante de Jornalismo da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Yuri Lipi, foi um dos alunos que fizeram o cursinho, e fez questão de motivar outros jovens em suas redes sociais. “Façam este curso, que é sucesso; passei para Jornalismo através dele, sem contar que os professores são os mesmos dos cursinhos particulares. Tudo grátis!”.

Ex-aluno do curso preparatório da Escola, Junio Souza também aprovou os resultados. “Eu indico: os melhores professores da capital estão dando aula lá. E outra coisa: é aberto ao público, então não perca essa oportunidade!”.

Geovanna também compartilhou em suas redes sociais as vantagens de fazer o curso. “Foi o cursinho gratuito que fiz durante uns meses antes da pandemia; grandes professores da rede particular deram aula lá. Portanto, indico a quem não tem condições de custear um privado”.

Fonte: Assembleia Legislativa do TO

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA