PALMAS

POLÍTICA

Cláudia Lelis ataca Amastha em propaganda eleitoral, que acaba suspensa

Essa é a segunda punição da justiça à candidata e vice-governadora do PV por atos de campanha.

Publicado em

Luiz Astolfo de Deus Amorim suspendeu a propaganda veiculada no rádio por considerá-la ofensiva à legislação eleitoral; essa já é a segunda punição da Justiça à candidata e vice-governadora por atos ilegais na campanha

 

A Justiça Eleitoral determinou, nesta terça-feira, 30 de agosto, a suspensão de propaganda ilegal e pejorativa veiculada pela campanha da coligação da vice-governadora e candidata a prefeita Cláudia Lelis (PV). A propaganda foi veiculada na manhã desta segunda-feira, 29 de agosto, no programa de rádio da candidata.

 

Além de ofender o prefeito e candidato à reeleição, Carlos Amastha, chamando-o de “Amastaxa”, a coligação de Cláudia sequer informou o nome dos partidos que assinam o material pejorativo, o que também infringe a legislação eleitoral.

 

A sentença

 

“Os representados utilizaram o horário da propaganda eleitoral gratuita para degradar e ridicularizar a imagem daquele candidato, o que também é vedado pela legislação eleitoral”, destacou o juiz eleitoral, Luiz Astolfo de Deus Amorim em sua sentença, em trecho da sentença.

 

A decisão de suspender a propaganda ilegal de Cláudia foi liminar e atendeu pedido da coligação “Palmas Bem Cuidada”, do prefeito e candidato à reeleição Carlos Amastha. O processo ainda seguirá sua tramitação normal na Justiça Eleitoral, o que pode gerar condenação definitiva a Cláudia Lelis com multa, perda de tempo de propaganda, além de outras sanções.

Leia Também:  Câmara dos Deputados retoma discussões sobre reformas trabalhista e da Previdência

 

Essa já é segunda vez que a coligação de Cláudia Lelis desrespeita a lei. Na inauguração do seu comitê, localizado no Jardim Aureny, ela fez justaposição de cartazes de identificação do imóvel, o que é expressamente vedado. A Justiça determinou a retirada imediata da propaganda.

 

“A propaganda eleitoral é o momento em que o candidato apresenta-se ao eleitorado demonstrando suas propostas, contudo, a representada utilizou de seu espaço para degradar e ridicularizar o candidato representante. Estaremos vigilantes para coibir imediatamente condutas semelhantes a do presente caso”, ressaltou o advogado eleitoral da coligação “Palmas Bem Cuidada”, Leandro Manzano.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

POLÍTICA

Inscrições para cursos preparatórios se encerram nesta sexta-feira

Published

on

A Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Tocantins (Aleto) segue até sexta-feira, 19, com inscrições abertas para os cursos preparatórios ao Enem (presencial) e concursos públicos e pré-vestibular (online). As aulas começam na próxima segunda-feira, dia 22.

Para inscrever-se no cursinho ao Enem, o interessado precisa procurar a Escola do Legislativo, no prédio da Assembleia, no período matutino. Já na modalidade EaD (Ensino à Distância), as inscrições poderão ser feitas até o próximo dia 19, pela plataforma www.escolalegto.com.br.

Na plataforma digital de ensino à distância, a Escola do Legislativo está disponibilizando vagas para 11 (onze) cursos totalmente gratuitos, com destaque aos cursos preparatórios para pré-vestibular, 130 vagas, e 80 vagas para concurso público.

Já para o curso presencial preparatório ao Enem em Palmas, são 180 vagas. Neste ano, a Escola do Legislativo vai ofertar também vagas para o curso presencial na cidade de Gurupi. As inscrições se encerram nesta sexta-feira, 19.

Atualmente, estão matriculados 1.100 alunos de 60 municípios do Tocantins. A iniciativa conta com a parceria das câmaras municipais, que são multiplicadoras nas comunidades e sempre buscaram apoio do Parlamento para capacitações e cursos de aperfeiçoamento.

Leia Também:  Pré-candidato a Deputado Estadual, Torquato se une ao PSDB

Egressos

O estudante de Jornalismo da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Yuri Lipi, foi um dos alunos que fizeram o cursinho, e fez questão de motivar outros jovens em suas redes sociais. “Façam este curso, que é sucesso; passei para Jornalismo através dele, sem contar que os professores são os mesmos dos cursinhos particulares. Tudo grátis!”.

Ex-aluno do curso preparatório da Escola, Junio Souza também aprovou os resultados. “Eu indico: os melhores professores da capital estão dando aula lá. E outra coisa: é aberto ao público, então não perca essa oportunidade!”.

Geovanna também compartilhou em suas redes sociais as vantagens de fazer o curso. “Foi o cursinho gratuito que fiz durante uns meses antes da pandemia; grandes professores da rede particular deram aula lá. Portanto, indico a quem não tem condições de custear um privado”.

Fonte: Assembleia Legislativa do TO

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA