PALMAS

POLÍTICA

Em oito anos, patrimônio de Raul Filho cresce R$ 11,3 milhões

Montante saiu de menos de R$ 908 mil em 2008 para R$ 12,27 milhões em 2016, segundo o próprio candidato.

Publicado em

Ao registrar candidatura a prefeito pela coligação “Coragem pra Fazer Diferente”, Raul Filho (PR), 57 anos, declarou possuir um patrimônio total de R$ 12,27 milhões. O valor é R$ 11,36 milhões superior ao declarado pelo próprio candidato em 2008, quando ele exercia o cargo de prefeito e buscava à reeleição.

 

Na época, Raul Filho declarou possuir bens no valor R$ 908,4 mil. Em termos percentuais, o crescimento patrimonial do ex-prefeito ficou em 1.251%. Para se ter um parâmetro de comparação, a inflação acumulada de julho de 2008 a julho de 2016 ficou em 63,50%, ou seja, quase 20 vezes menor que o crescimento patrimonial registrado por Raul Filho.

 

Caso a evolução patrimonial de Raul fosse igual a inflação, o ex-gestor deveria estar com patrimônio de R$ 1,48 milhão – oito vezes menos do que ele declarou agora.

 

Bens

Vários dos bens declarados por Raul Filho em 2008 não aparecem na declaração atual. Entre eles, cinco imóveis em Ponte Alta do Tocantins. Além disso, na declaração atual, a maior parte dos bens de Raul Filho não estão no Estado e a cidade mais beneficiadas com investimento do ex-prefeito é Santana do Araguaia, no Pará. O município, de cerca de cerca de 67 mil habitantes, possui R$ 6,87 milhões em imóveis de Raul Filho, incluindo uma fazenda de R$ 4,79 milhões e uma casa de R$ 943,5 mil. Na conta, não estão sendo computadas as 2.090 cabeças de gado, avaliadas em mais de R$ 2 milhões, que o ex-prefeito declarou possuir.

Leia Também:  Danilo de Melo retorna ao cargo de secretário municipal da educação em Palmas

 

Cheques

Nos mais de R$ 12 milhões de bens que Raul Filho declarou possuir na Justiça Eleitoral, estão R$ 1 milhão em cheques e R$ 825 mil na conta pessoal do Banco do Brasil. Em 2008, Raul não declarou possuir cheques com ele e disse ter apenas R$ 25,9 mil na sua conta no Banco do Brasil.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

POLÍTICA

Inscrições para cursos preparatórios se encerram nesta sexta-feira

Published

on

A Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Tocantins (Aleto) segue até sexta-feira, 19, com inscrições abertas para os cursos preparatórios ao Enem (presencial) e concursos públicos e pré-vestibular (online). As aulas começam na próxima segunda-feira, dia 22.

Para inscrever-se no cursinho ao Enem, o interessado precisa procurar a Escola do Legislativo, no prédio da Assembleia, no período matutino. Já na modalidade EaD (Ensino à Distância), as inscrições poderão ser feitas até o próximo dia 19, pela plataforma www.escolalegto.com.br.

Na plataforma digital de ensino à distância, a Escola do Legislativo está disponibilizando vagas para 11 (onze) cursos totalmente gratuitos, com destaque aos cursos preparatórios para pré-vestibular, 130 vagas, e 80 vagas para concurso público.

Já para o curso presencial preparatório ao Enem em Palmas, são 180 vagas. Neste ano, a Escola do Legislativo vai ofertar também vagas para o curso presencial na cidade de Gurupi. As inscrições se encerram nesta sexta-feira, 19.

Atualmente, estão matriculados 1.100 alunos de 60 municípios do Tocantins. A iniciativa conta com a parceria das câmaras municipais, que são multiplicadoras nas comunidades e sempre buscaram apoio do Parlamento para capacitações e cursos de aperfeiçoamento.

Leia Também:  Carlesse adere à GLO para que Forças Armadas atuem no combate a queimadas no Tocantins

Egressos

O estudante de Jornalismo da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Yuri Lipi, foi um dos alunos que fizeram o cursinho, e fez questão de motivar outros jovens em suas redes sociais. “Façam este curso, que é sucesso; passei para Jornalismo através dele, sem contar que os professores são os mesmos dos cursinhos particulares. Tudo grátis!”.

Ex-aluno do curso preparatório da Escola, Junio Souza também aprovou os resultados. “Eu indico: os melhores professores da capital estão dando aula lá. E outra coisa: é aberto ao público, então não perca essa oportunidade!”.

Geovanna também compartilhou em suas redes sociais as vantagens de fazer o curso. “Foi o cursinho gratuito que fiz durante uns meses antes da pandemia; grandes professores da rede particular deram aula lá. Portanto, indico a quem não tem condições de custear um privado”.

Fonte: Assembleia Legislativa do TO

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA