PALMAS

POLÍTICA

MPE investiga ocorrência de nepotismo na prefeitura de Porto Nacional

Prefeito Otoniel Andrade Costa é investigado sobre possível prática de nepotismo.

Publicado em

O Ministério Público Estadual (MPE) instaurou, nesta terça-feira, 19, inquérito civil para apurar possível prática de nepotismo realizada pelo prefeito de Porto Nacional, Otoniel Andrade Costa. Ele teria nomeado como secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Marcélio Bezerra Maya e nomeado para o cargo de coordenador de Controle Imobiliário, Licenciamento e Averbações (vinculado à própria Secretaria de Meio Ambiente), João Paulo Essado Maya, filho de Marcélio.

 

O inquérito civil foi instaurado pelo Promotor de Justiça Vinícius de Oliveira e Silva, após ter acesso a documentos que comprovam o fato. Com a instauração do inquérito, os investigados devem ser notificados para, caso desejem, prestar esclarecimentos no prazo de 10 dias.

 

Nepotismo

O nepotismo ocorre quando um agente público usa de sua posição de poder para nomear, contratar ou favorecer um ou mais parentes. O nepotismo é vedado, primeiramente, pela própria Constituição Federal, pois contraria os princípios da impessoalidade, moralidade e igualdade.

 

Em 2008, o Supremo Tribunal Federal (STF) editou a Súmula Vinculante nº 13, de observância obrigatória em toda a administração pública, com proibição de nepotismo, a qual estabelece que “A nomeação de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento, para o exercício de cargo em comissão ou de confiança ou, ainda, de função gratificada na administração pública direta e indireta em qualquer dos poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, compreendido o ajuste mediante designações recíprocas, viola a Constituição Federal.”

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Deputados derrubam da taxa de inspeção veicular ambiental
Advertisement

Eleição

Wanderlei Barbosa registra candidatura à reeleição como governador do Tocantins

Published

on

Ao lado de apoiadores e candidatos, o Governador e candidato à reeleição, Wanderlei Barbosa (Republicanos), realizou o registro da sua candidatura ao governo do Estado nesta sexta-feira, 12, às 17 horas, no protocolo do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em Palmas.

A chapa de Wanderlei conta com candidatos a deputado estadual, federal e a candidata ao Senado, Professora Dorinha. Laurez Moreira é o candidato a vice-governador. A chapa majoritária é composta pelos partidos Republicanos, União Brasil, PDT, Solidariedade, Cidadania, Patriota, PTB e PSB.

O governador gravou com o Folha Capital, falou sobre projetos de governo, articulações da campanha, e quando questionado sobre a chance de ganhar para mais um mandato, afirmou que está preparado.

Você confere a reportagem completa abaixo:

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mauro Carlesse suspende todos os cortes de energia e água no Tocantins por 90 dias
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA