PALMAS

POLÍTICA

Sargento Aragão oficializa candidatura à prefeitura de Palmas pelo PEN

O PEN 51 foi o primeiro partido a homologar a candidatura dos nomes que vão disputar as eleições municipais na Capital. O partido contará com 29 candidatos a vereador, sendo nove mulheres e 20 homens.

Publicado em

As candidaturas a prefeito do ex-deputado estadual Sargento Aragão e a vice-prefeito do médico Luciano de Castro foi homologada em convenção partidária do Partido Ecológico Nacional (PEN 51), na tarde desta quarta-feira, 20, no auditório Assembleia Legislativa, em Palmas.

 

Com a presença de centenas de militantes, o PEN 51 foi o primeiro partido a homologar a candidatura dos nomes que vão disputar as eleições municipais na Capital. Além dos candidatos a prefeito e vice, o partido contará com 29 candidatos a vereador, sendo nove mulheres e 20 homens.

 

Sargento Aragão chegou à Assembleia Legislativa ovacionado pelos militantes e candidatos da sigla, que lotaram o auditório, vindos em caravanas provenientes de diversas regiões de Palmas.

 

Eu seu pronunciamento, o candidato a prefeito agradeceu o apoio recebido a sua candidatura e afirmou que irá fazer uma campanha limpa, sem conchavos políticos ou negociações espúrias. ¨Quem está aqui hoje nos prestigiando é pelo projeto de gestão que estamos apresentando para administrar a Capital”, disse. “ É por acreditar em nossa história de coerência e determinação na defesa do interesse público”.

 

Entre as principais propostas apresentadas por Sargento Aragão estão a implantação de um hospital de médio porte de urgência e emergência no Jardim Aureny III, a realização de nova licitação para contratar empresa responsável pela coleta do lixo e limpeza urbana e a implantação de um polo têxtil na Capital para fomentar a economia local.

Leia Também:  Sindare e Audifisco promovem reuniões escalonadas com os candidatos à prefeitura de Palmas

 

Sargento Aragão afirmou também que se for eleito prefeito determinará que todas as compras feitas pela prefeitura, como material de expediente, uniformes e produtos de limpeza, sejam adquiridas na Capital. “ Essa medida terá a finalidade de movimentar o comércio palmense, gerando emprego e renda para quem vive e trabalha em nossa cidade”, explicou.

 

Sargento Aragão completou afirmando que a segurança pública será prioridade em sua administração e que uma de suas primeiras medidas será a implantação do programa Guarda Quarteirão, que consiste na contratação de pelo menos 400 guardas-quarteirões, que trabalharão diretamente nas quadras fazendo vigilância preventiva.  O candidato afirmou ainda pretende também duplicar a Avenida Theotônio Segurado, entre o Estádio Nilton Santos e o Jardim Taquari.

 

Prioridade

 

O candidato a prefeito criticou a atual gestão municipal pela forma que vem investindo o dinheiro público, sem priorizar o que é realmente importante para os palmenses. Vamos investir os recursos disponíveis em ações que realmente tragam benefícios para a população. Jamais vamos autorizar gastos de milhões de reais em patrocínios de filmes, coelhinhos da páscoa ou decoração natalina. Queremos dar oportunidade ao trabalhador de poder encher o peito e dizer, hoje eu moro em Palmas, trabalho aqui  e tenho o que comer ¨, finalizou.

Leia Também:  Aprovada a norma que regulamenta a propaganda partidária gratuita em rádio e TV

 

O candidato a vice-prefeito, Luciano de Castro, e presidente metropolitano do PEN 51, quando fez uso da palavra, afirmou que o partido apresenta o melhor candidato a prefeito de Palmas, que tem propostas que   vão realmente fazer a diferença. “Não existe outro nome hoje para Palmas com a capacidade e história de luta e  determinação como a do Sargento Aragão¨, lembrou.

 

PEN 51 no Estado

 

Para o  presidente do PEN de Araguaína e pré-candidato a prefeito, o nome de Sargento Aragão representa a mudança que a cidade precisa e aguarda.  O Sargento Aragão é um homem honrado, digno e Palmas hoje começa a presenciar a mudança que o povo necessita”, finalizou.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

POLÍTICA

Inscrições para cursos preparatórios se encerram nesta sexta-feira

Published

on

A Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Tocantins (Aleto) segue até sexta-feira, 19, com inscrições abertas para os cursos preparatórios ao Enem (presencial) e concursos públicos e pré-vestibular (online). As aulas começam na próxima segunda-feira, dia 22.

Para inscrever-se no cursinho ao Enem, o interessado precisa procurar a Escola do Legislativo, no prédio da Assembleia, no período matutino. Já na modalidade EaD (Ensino à Distância), as inscrições poderão ser feitas até o próximo dia 19, pela plataforma www.escolalegto.com.br.

Na plataforma digital de ensino à distância, a Escola do Legislativo está disponibilizando vagas para 11 (onze) cursos totalmente gratuitos, com destaque aos cursos preparatórios para pré-vestibular, 130 vagas, e 80 vagas para concurso público.

Já para o curso presencial preparatório ao Enem em Palmas, são 180 vagas. Neste ano, a Escola do Legislativo vai ofertar também vagas para o curso presencial na cidade de Gurupi. As inscrições se encerram nesta sexta-feira, 19.

Atualmente, estão matriculados 1.100 alunos de 60 municípios do Tocantins. A iniciativa conta com a parceria das câmaras municipais, que são multiplicadoras nas comunidades e sempre buscaram apoio do Parlamento para capacitações e cursos de aperfeiçoamento.

Leia Também:  Ex-prefeito de Silvanópolis é condenado por emissão de 32 cheques sem fundos

Egressos

O estudante de Jornalismo da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Yuri Lipi, foi um dos alunos que fizeram o cursinho, e fez questão de motivar outros jovens em suas redes sociais. “Façam este curso, que é sucesso; passei para Jornalismo através dele, sem contar que os professores são os mesmos dos cursinhos particulares. Tudo grátis!”.

Ex-aluno do curso preparatório da Escola, Junio Souza também aprovou os resultados. “Eu indico: os melhores professores da capital estão dando aula lá. E outra coisa: é aberto ao público, então não perca essa oportunidade!”.

Geovanna também compartilhou em suas redes sociais as vantagens de fazer o curso. “Foi o cursinho gratuito que fiz durante uns meses antes da pandemia; grandes professores da rede particular deram aula lá. Portanto, indico a quem não tem condições de custear um privado”.

Fonte: Assembleia Legislativa do TO

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA