Prefeitura de Palmas edita novo decreto e mantém restrições até dia 02 de abril

Dessa vez Cinthia autorizou o funcionamento de restaurantes em sistema de delivery aos domingos

A Prefeitura de Palmas prorrogou, desta vez até o dia 2 de abril, o decreto que suspende atividades não essenciais na cidade, mas fez alterações no texto. A partir desta quarta-feira (24) obras civis poderão ser retomadas. Bares e restaurantes também ficam autorizados a realizar entregas de comida aos domingos, o que era vedado no texto anterior. (continua abaixo)

Para os bares e restaurantes também voltou a ser autorizada a retirada de produtos no balcão. O funcionamento deste tipo de serviço é até a meia-noite.

Seguem suspensos os atendimentos presenciais no comércio não essencial. Missas e cultos podem acontecer somente de forma virtual, com atendimentos individualizados sendo autorizados, desde que com agendamento.

Supermercados continuam obrigados a atender apenas uma pessoa de cada família e funcionar com no máximo 50% da capacidade. O horário de 6h às 22h foi mantido para este tipo de estabelecimento. Eles também receberam autorização para voltar a funcionar no domingo.

Continuam suspensas as atividades presenciais em escolas, berçários, cursinhos, públicos ou particulares, e em instituições de ensino superior.

O texto afirma que para tomar a decisão foi levado em consideração o resultado alcançado durante a vigência do decreto até o momento. A prefeitura informou que observou redução na taxa de contágio em Palmas após a adoção das medidas.

O novo decreto prevê ainda a aplicação de multas que variam de R$ 3.590,00 a R$ 10.770,00 conforme o tipo de infração.

FAÇA SEU COMENTÁRIO