Diretoria Regional Norte do Confap tem representante do Tocantins

Presidente da Fapt, Márcio Silveira foi eleito Diretor Regional Norte do Confap para o período de 2021 a 2023

Geórgya Laranjeira Corrêa - Governo do Tocantins - Para o período de 2021 a 2023, o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Tocantins (Fapt), Márcio Silveira, além de suas funções no Estado, foi eleito pelas fundações (Faps) da região Norte do país, para o cargo de Diretor Regional Norte do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) a fim de desenvolver ações estratégicas de Ciência, Tecnologia e Inovação que beneficiem os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. (continua abaixo)

Silveira, foi eleito pelos representantes das Faps da região norte como Fundação de Amparo à Pesquisa do Acre (Fapac), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amapá (Fapeap), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa (Fapespa), Fundação de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Científicas e Tecnológicas e à Pesquisa do Estado de Rondônia – Fapero e com contabilidade do voto da Fapt (Tocantins) também. Já o Estado de Roraima não participou da votação por não possuir Fap. A votação ocorreu dia 29/04/2021 de forma online.

O novo Diretor Regional Norte do Confap tem a missão de organizar a pauta de sua respectiva região, com o intuito de levar as demandas e soluções das FAPs para o Confap para que sejam apresentadas nas reuniões com as agências de fomento nacional juntamente com os representantes da entidade. Conforme o estatuto, deve ainda convocar e presidir os trabalhos e reuniões regionais de sua Diretoria, no mínimo duas por ano, e apresentar à Diretoria Executiva relatórios de atividades e propostas de ação. Além de desempenhar outras funções inerentes ao cargo ou que lhe forem atribuídas pelo Presidente do Confap ou pela Assembleia Geral.

“Diante da realidade econômica em que vivemos devido a pandemia, principalmente com cortes significativos de recursos para CTI, como Diretor Regional Norte do Confap terei a missão de fazer uma gestão junto aos órgãos federais que financiam a pesquisa específicas para a Amazônia pois as assimetrias entre as regiões é muito grande, desta forma precisamos de algo que envolvam todas as questões de sustentabilidade da Amazônia que passam evidentemente pelo vetor de desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação”, explicou Silveira.

Para a Vice-presidente do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa –Confap e Diretora-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas- Fapeam, Márcia P. Mendes Silva, o Confap exerce um papel fundamental em prol da ciência, tecnologia e inovação, por meio de um trabalho integrado em conjunto com as 26 Fundações de Amparo à Pesquisa (Faps) do país. Nesse processo, as diretorias regionais são de extrema importância, pois são responsáveis pelas articulações entre as Faps dos Estados para levantamento de suas prioridades e integração dos interesses regionais ao coletivo, fortalecendo o próprio Conselho e o Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação.

“A escolha do Professor Márcio Silveira, presidente da Fapt, eleito para Diretoria Regional Norte do Confap, representa não só um reconhecimento ao seu trabalho frente à Fundação de Amparo à Pesquisa do Tocantins, mas também a confiança em sua habilidade de estreitar as relações entre FAPs do Norte, e com isso defender as demandas de Ct&I da região, diante do Conselho e diante disso reiteramos nossos votos de sucesso diante dos novos desafios”, afirmou a vice-presidente do Confap.

Perfil do novo Diretor Regional do Confap

Márcio Antônio da Silveira é natural de Belo Horizonte – MG. Está no Tocantins desde 1995. Engenheiro Agrônomo formado pela Universidade Federal de Goiás-UFG, fez Mestrado na Universidade Federal de Lavras - UFLA, com ênfase em Genética e Melhoramento visando Resistência a nematoides em batata-doce.  Doutor pela UFLA em Fitotecnia/Melhoramento Genético.  É professor/pesquisador associado I da Universidade Federal do Tocantins (UFT), instituição na qual exerceu as funções de Reitor (2012-2016) e Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação (2003-2012). Docente do Programa de Pós-Graduação (stricto sensu) em Agroenergia (PPGA).

Conselho Nacional das Faps (Confap)

É uma organização sem fins lucrativos, que tem por finalidade promover articulação dos interesses das agências estaduais de fomento à pesquisa científica, tecnológica e de inovação no Brasil. Criado em 28 de abril de 2006, congrega 26 Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Faps), trabalha como parte ativa do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (SNCTI).

 

FAÇA SEU COMENTÁRIO