Professora ferida em tragédia continua em estado grave

Na hora do acidente o tempo estava nublado e chovia muito em Palmas

Em nota o Corpo de Bombeiro lamentou o ocorrido e disse que vai abrir um procedimento administrativo para investigar o que aconteceu.

A atleta e professora Ludimila Barbosa de Oliveira teve a perna amputada pela lancha do Corpo de Bombeiros enquanto participava de uma maratona aquática no Lago de Palmas na manhã de ontem, domingo, 02.

Segundo nota emitida pelo Corpo de Bombeiros, na hora do acidente o tempo em Palmas estava nublado e chovia muito.

De acordo com informações da assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde do Estado do Tocantins, na manhã desta segunda-feira, 03, a professora continua em estado grave e há uma mobilização nas redes sociais  para doações de sangue. A assessoria comunicou ainda que a direção do Hospital Geral de Palmas está em contato com a família de Ludimila para que definam de que forma ocorrerá a divulgação dos boletins médicos sobre o estado de saúde da professora.

FAÇA SEU COMENTÁRIO