Marilon acusa Folha de gestão irresponsável e de deixar quase R$ 4 milhões em dívidas

Áudio de Marilon foi compartilhado em vários grupos de política na neste domingo, dia 06

O novo presidente da Câmara Municipal de Palmas, o vereador Marilon Barbosa (PSB) acusou o seu antecessor, José do Lago Folha Filho (PSD) de ter deixado uma dívida de quase R$ 4 milhões e disse que fará auditoria nas contas da casa.

As afirmações de Barbosa foram feitas em um grupo de política do WhatsApp após um homem não identificado ter dito que o ex-presidente da Câmara havia deixado R$ 1,2 milhão de saldo positivo em caixa. "Ele deixou foi quase R$ 4 milhões em dívidas, sendo R$ 2,08 milhões do salário de dezembro dos servidores, que só pagamos com a antecipação do duodécimo [pela Prefeitura de Palmas], por causa de uma gestão irresponsável", afirmou.

Barbosa disse ainda que até agora a sua gestão, que assumiu a presidência da Câmara no dia 03 de janeiro, já levantou mais de R$ 1,3 milhão de dívidas com fornecedores deixados pelo seu antecessor e que fará auditoria nos contratos da casa. "Como ele deixou 1,2 milhão se levantamos até agora R$ 1,301 milhão em processos [de serviços prestados por fornecedores] não pagos? Essa é a realidade e eu vou prestar contas disso perante a sociedade e farei uma auditoria para mostrar como peguei a Câmara Municipal e como vou deixá-la, com a graça de Deus, governando esse parlamento com transparência e com a participação da sociedade", afirmou

FAÇA SEU COMENTÁRIO