Projeto Aprender e Crescer inicia mais uma etapa em Palmas

O projeto teve início em junho de 2019, na cidade de Lajeado, seguindo para Paranã e Peixe, Ainda em agosto, as cidades de Palmas e Miracema receberão os kits, encerrando o ciclo anual do programa.

O projeto Aprender e Crescer continua a beneficiar alunos das escolas públicas do Tocantins, desta vez com a entrega de 100 kits esportivos no município de Palmas, na última quarta-feira (14). A iniciativa, gerenciada pela Associação Atlética Atenas, está presente nas cidades de Lajeado, Palmas, Paranã, Peixe e Miracema. Com o apoio da Investco, Enerpeixe e Instituto EDP, organização responsável pelos projetos socioambientais da EDP no Brasil, a ação beneficia hoje mais de 450 crianças no Estado.

Além dos kits compostos por calção, camiseta, meião e chuteira, o programa também distribui às instituições todo o material esportivo necessário para a execução do projeto, como bolas, cones e redes. Os alunos que têm interesse em participar precisam comprovar o bom desempenho escolar e frequentar as aulas de reforço oferecidas por profissionais capacitados.

“Com a missão de contribuir para o desenvolvimento dos jovens, o Instituto EDP apoia sete projetos esportivos que, juntos, atendem mais de 20 mil crianças e adolescentes pelo Brasil. Temos visto ótimos resultados com o Aprender e Crescer no Tocantins e acreditamos que muitos estudantes ainda podem ser beneficiados pelo projeto”, diz Paulo Ramicelli, assessor de diretoria do Instituto EDP. 

Segundo o Diretor de Relações Institucionais e Comunicação da Investco, PG Meirelles, o projeto visa a desenvolver o esporte e a educação no Estado. “Esta ação fortalece a educação, o gosto pelo esporte e o mais importante: a formação cidadã”.

O aluno Cauã Sales Tomaz, de apenas 8 anos, participa do projeto há dois meses, e sua mãe, Denise Sales, já sente a diferença. “Eu busquei inserir o Cauã a fim de fazer com que ele se desapegasse mais das tecnologias, como celular e tablets. Em apenas dois meses, já observo os avanços, como a pontualidade e o compromisso com o reforço escolar e o futebol, mudanças extremamente importantes na sua idade”, comentou.

Para o idealizador do programa, Luiz Eduardo Machado, “a expectativa é atender os alunos com qualidade, proporcionando um desenvolvimento integrado por utilizar o cognitivo, o emocional e o físico. Assim, eles se sentirão incluídos no meio social e os objetivos do projeto serão alcançados”, afirma.

O projeto teve início em junho de 2019, na cidade de Lajeado, seguindo para Paranã e Peixe, Ainda em agosto, as cidades de Palmas e Miracema receberão os kits, encerrando o ciclo anual do programa. 

Sobre o IEDP

Desde que foi fundado em 2008, o Instituto EDP investiu mais de R$ 100 milhões em projetos socioculturais, que beneficiaram cerca de três milhões de pessoas, em cerca de 400 programas espalhados por todo o País. Somente em 2018, iniciativas apoiadas pela organização favoreceram 80 mil moradores das comunidades do entorno das áreas de atuação da Companhia. O Instituto EDP tem como responsabilidade estruturar os investimentos e as iniciativas sociais da EDP em frentes ligadas à valorização da Língua Portuguesa, à educação, ao desenvolvimento local com geração de renda, ao empreendedorismo e ao voluntariado, por meio do esporte, cultura e saúde.

Sobre a Investco S.A.

É a responsável pela construção e operação da UHE Lajeado. Tem a potência instalada de 902,5MW. A empresa faz parte do Grupo EDP.

Fotos: Kézia Noá/Investco

FAÇA SEU COMENTÁRIO