PALMAS

SAÚDE

Etsus apresenta Experiência Exitosa no 15° Congresso Internacional da Rede Unida

Publicado em

SAÚDE

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) participou do 15° Congresso Internacional da Rede Unida, apresentando o Curso de Planejamento como Ferramenta de Gestão no Fortalecimento do SUS – Plano de Saúde, como experiência exitosa. A apresentação foi realizada pela equipe da Escola Tocantinense do SUS (Etsus) e o projeto foi escolhido entre mais de 2.600 trabalhos para apresentação presencial, em mesa-redonda no período de 16 a 19 de junho, em Vitória (ES).

O projeto tem o objetivo de qualificar as equipes gestoras municipais ampliadas e conselheiros municipais e estaduais de saúde, visando ao desenvolvimento de habilidades e competências específicas para elaboração e operacionalização do Plano de Saúde, sendo observado o tempo oportuno de construção deste instrumento que terá vigência de quatro anos (2022-2025).

“Os participantes do 15° Congresso se surpreenderam com o resultado do processo educacional, um curso que conseguiu ter o alcance de 58% dos planos de saúde de um Estado inteiro, dentro do prazo, dentro das normativas vigentes. Dos 139 municípios, 80 entregaram os planos de saúde e eles elaboraram esses planos dentro do curso”, ressalta a técnica congressista Angelita Kellen.

Leia Também:  Com estoques baixos, Hemorrede manterá unidades abertas durante o feriado

O 15° Congresso ocorreu no formato híbrido, uma parte presencial e outra virtual, e se constitui como um evento de grande relevância no âmbito da Saúde Pública. O evento teve a participação de representantes de todo o Brasil, para compartilhamento de experiências e pesquisas em saúde com dinâmicas em roda de conversa, oportunizando uma troca de vivências com outros estados. Os trabalhos aprovados serão publicados nos anais do congresso.

“O que foi possível aprender deste momento é que a tecnologia de participação a distância é uma realidade no nosso meio, pois o congresso aconteceu de forma híbrida. Este formato híbrido trouxe também uma novidade que foi o número de pessoas circulando pelo congresso, bem inferior aos congressos anteriores, exigindo dos participantes presenciais muita organização de seu tempo, a fim de estarem presentes nas Távolas, nas rodas de conversas e nos fóruns. A participação nestes congressos é sempre uma grande oportunidade de ampliar a sua network e discutir com outros profissionais as estratégias de ser fazer política pública de saúde no Brasil”, afirma a técnica congressista, Auri Gonçalves Sousa.

Leia Também:  Associação CuidaDores fará venda de produtos durante Mutirão Outubro Rosa

Rede Unida

A Associação Rede Unida é uma entidade internacional, sediada no Brasil, que articula projetos, instituições e pessoas interessadas na construção coletiva de sistemas de saúde públicos, de acordo com os princípios da universalização, equidade, participação social, respeito à diferença, preservação da natureza, e defesa da democracia.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

SAÚDE

Profissionais do HGP são qualificados sobre cuidados paliativos e uso de acesso subcutâneo na assistência aos pacientes

Publicados

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) promoveu nesta sexta-feira, 24, o curso Cuidados Paliativos e o uso do acesso subcutâneo (hipodermoclise) na assistência aos pacientes, voltado para médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêuticos do Hospital Geral de Palmas (HGP).

A qualificação foi coordenada pelo Núcleo de Educação Permanente (NEP) em parceria com o Serviço de Cuidados Paliativos da unidade, na Escola Tocantinense do Sistema Único de Saúde (Etsus). “Nossa equipe se esforça diariamente para acolher da melhor forma as demandas de pacientes e familiares, com intuito de proporcionar alívio de sofrimento e que esse paciente possa viver o mais ativamente possível. É ofertada uma abordagem multiprofissional em todo o processo de assistência”, afirmou a médica paliativista e coordenadora do Serviço de Cuidados Paliativos do HGP, Jéssica Orsolin.

A especialista explica ainda que o trabalho busca respeitar sentimentos, valores, preferências e sentido de vida dos pacientes, para que as melhores decisões no cuidado sejam tomadas. “Focamos no cuidado de maneira individualizada, promovendo o alívio da dor e outros sintomas desagradáveis, integrando outras dimensões do cuidado, como a psicológica, social e espiritual. Oferecendo um sistema de suporte que possibilite o paciente viver tão ativamente quanto possível ao lado de seus familiares até o momento da sua partida”, informou.

Leia Também:  Médicos da Secretaria de Estado da Saúde participam de Curso de Suporte Avançado de Vida em Pediatria

A farmacêutica da Unidade de Cuidados Intensivos (UCI), Izabel Ferreira dos Santos, participou pela primeira vez. “Acho de grande valia esse curso. Temos a oportunidade de conhecer um pouco mais da realidade dos pacientes paliativos. Somos uma equipe e podemos contribuir no tratamento e na qualidade de vida desses pacientes”, concluiu.

Outra profissional presente foi a enfermeira da oncologia, Amanda Moraes, que avaliou a capacitação como importante para profissionais. “Vem trazer conhecimento para que possamos desempenhar da melhor forma possível e oferecer um bom atendimento ao usuário”.

Educação permanente

A responsável pelo NEP, Vanessa Salgado, explica que a atuação do núcleo nesse processo visa qualificar a assistência prestada ao paciente. “A capacitação colabora com a missão de levar ações de educação permanente aos nossos colaboradores. Essa ação tem um grande potencial frente ao colaborador, por se aproximar da realidade da assistência, levando atendimento às suas necessidades de qualificação”, declarou.

Serviço de Cuidados Paliativos

O Serviço de Cuidados Paliativos do HGP se tornou referência para pacientes de todo o Estado. O setor conta uma equipe multiprofissional qualificada na assistência composta por médicos, assistentes sociais e enfermeiro, recebendo apoio de outros profissionais de saúde.

O Serviço de Cuidados Paliativos do Hospital Geral de Palmas se tornou referência para pacientes de todo o Estado – Luciana Barros/Governo do Tocantins

Leia Também:  Visitantes nos hospitais estaduais voltam a ser autorizados

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA