PALMAS

CONTRA COVID-19

Mais de 52 mil doses de imunizantes da Pfizer chegam ao Tocantins

Publicado em

SAÚDE

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) recebe na manhã desta sexta-feira, 26, em Palmas, 52.650 doses de imunizantes da Pfizer. As vacinas serão utilizadas na aplicação de D2 e dose de reforço para público acima de 18 anos.

A gerente de imunização da SES, Diandra Sena, explica que “os imunizantes recebidos serão conferidos minuciosamente para que na próxima semana já estejam disponíveis para retirada pelas secretarias municipais de saúde”, afirma a responsável técnica.

Imunização

Desde o início do ano, o Tocantins já recebeu 2.506.575 doses de imunizantes contra à covid-19, destas, a SES já distribuiu 2.444.229. E as secretarias municipais de saúde já aplicaram 1.895.786.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Novo presidente da Adetuc Hercy Filho é recebido por equipe técnica e ouve demandas
Propaganda

SAÚDE

Vistoria conjunta no Hospital e Maternidade Dona Regina visa reestruturar a unidade de saúde

Publicados

em


O secretário de Estado da Saúde (SES-TO), Afonso Piva; o secretário de Parcerias e Investimentos (SPI), José Humberto Pereira Muniz Filho; e o promotor de Justiça da área da Saúde de Palmas, Thiago Ribeiro, realizaram uma vistoria conjunta nesta quinta-feira, 20, ao Hospital e Maternidade Dona Regina (HMDR).

Na ocasião, os gestores e a equipe da Promotoria de Justiça debateram sobre a estrutura física da unidade hospitalar e a parceria para a construção de uma nova sede da maternidade. “É uma construção gradativa que está sendo amplamente analisada pelo Governo do Tocantins, que oportunizará melhores condições de atendimentos para a população. Estamos trabalhando, em conjunto, para que isso ocorra o mais rápido possível. Conhecemos a necessidade do Hospital e Maternidade Dona Regina. Esta visita é uma oportunidade para, in loco, sabermos quais os próximos passos precisamos dar para sanar as dificuldades”, apontou o secretário de Estado da Saúde, Afonso Piva.

O secretário da SPI, José Humberto Pereira Muniz Filho, adiantou que a intenção é debater com a gestão e buscar sanar os problemas levantados. “Sabemos que há deficiências e estamos buscando soluções. Estamos acompanhando e estudando, juntamente com a equipe técnica, todos os projetos de Parcerias Público-Privadas premiados existentes no país, na área da saúde, para dar manutenção do corpo clínico e colaborarmos principalmente na infraestrutura e no suporte hospitalar de um novo Dona Regina. Além disso, uma eventual concepção de PPP visará manutenção constante e eficiente com acréscimo de ganhos para toda a população”, afirmou.

Leia Também:  Beneficiárias da oficina de Panificação no Cras Karajá I recebem certificados

O promotor de Justiça da área da saúde de Palmas, Thiago Ribeiro, avaliou positivamente a união de forças para minimizar os problemas na saúde pública, principalmente no HMDR. “Os serviços oferecidos pelo Hospital e Maternidade Dona Regina são bons, mas falta estrutura. Constatamos, mais uma vez, essa deficiência hoje. A reestruturação é necessária com urgência. Gostei muito do projeto apresentado. Acredito que, dessa forma, todos nós conseguiremos resultados”, enfatizou.

Para a diretora-geral do HMDR, Débora Petry, a vistoria é extremamente importante para que as ações sejam realizadas dentro da realidade da unidade hospitalar. “Essa vistoria é muito importante para mostrarmos os problemas que relatamos. O projeto da Parceria Público-Privada é excelente, está sendo bem conduzido e planejado para trazer, de fato, solução para os problemas que não conseguimos resolver pela limitação da estrutura física”, completou.

Estudos

Um estudo, que já está sendo analisado pelo Governo do Tocantins, prevê uma nova sede do HMDR, com entrega inicial do ambulatório. Além da parte da estrutura física adequada, todos os detalhes, dentre os quais estacionamentos, lavanderia, portaria, segurança, além de limpeza e conservação, serão minuciosamente analisados nessa compilação de dados. Assim como a ocorrida antes da vistoria, outras reuniões serão realizadas com toda equipe técnica para alinhar o projeto e dar andamento à construção, dentro de todos os padrões exigidos, garantindo a continuidade dos atendimentos no setor materno-infantil.

Um estudo já está em andamento para a construção da nova maternidade – Mariana Ferreira/Governo do Tocantins

Gestores da Saúde, da SPI e da Promotoria discutiram sobre a estrutura física da maternidade e a parceria público-privada em andamento – Mariana Ferreira/Governo do Tocantins

Leia Também:  TCE julga irregular uma conta de ordenador e aprova oito com ressalvas

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA