PALMAS

SAÚDE

Seminário de Prevenção do Câncer de Cabeça e Pescoço inicia na quarta, 22

Publicado em

SAÚDE

Com o tema Abordagem Multidisciplinar, o  1° Seminário de Prevenção do Câncer de Cabeça e Pescoço inicia na quarta-feira, 22 de junho, às 8 horas no auditório da Assembleia Legislativa. O evento contará com palestras de profissionais renomados que atuam na área, em todo o Tocantins. Poderão participar odontólogos, médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, nutricionistas e acadêmicos de todas as áreas. 

A iniciativa tem como objetivos informar, orientar e chamar atenção para as formas de prevenção e tratamento dos diversos tipos de tumores. A ação é promovida pela  Secretaria de Estado da Saúde, por meio do Hospital Geral de Palmas (HGP).

As palestras abordarão diversos temas como: cirurgia plástica na reconstrução da face, abordagem estética nas cicatrizes, neoplasia de laringe, radioterapia, tratamento cirúrgico oncológico, abordagem em face e pescoço, entre outros. Outras informações no endereço www.cuidadoscontraocancer.com.br.

Serviço no HGP

“O HGP é referência no Estado no tratamento do câncer de cabeça e pescoço e conta com uma equipe qualificada e multidisciplinar de assistência aos pacientes com esta patologia, que inclui assistência médica, fisioterapia, fonoaudiologia e psicologia. São realizados procedimentos cirúrgicos como tireoidectomia total, esvaziamento cervical, ressecção de câncer de pele, ressecção de tumor de boca e laringectomia”, destaca a médica cirurgiã do serviço de cabeça e pescoço do HGP, Rayla Souza. 

Leia Também:  Saúde atualiza critérios para doação de sangue durante a pandemia

Conhecimento e solidariedade

Durante a segunda-feira, 20, houve um adesivaço de carros, que faz parte da campanha Julho Verde deste ano. Além disso, houve o recebimento de doações de kits de higiene. “Estamos nessa parceria para ajudar pacientes internados no hospital e, além disso, conscientizar as pessoas sobre a importância dos cuidados para evitar o câncer de cabeça e pescoço”, declara o proprietário da Urbano Norte, Douglas Marques.

A presidente da Associação Amigos do HGP, Goiamara Borges, ressaltou que “este ano, a associação Amigos do HGP estará mais uma vez em parceria com este evento com objetivo de divulgar o trabalho e também beneficiar pacientes hospitalizados no hospital. Para se inscrever, os pacientes entregaram os kits de higiene pessoal que a Associação Amigos do HGP receberá e destinará ao setor de Humanização, responsável por distribuir por meio do serviço de Capelania e Voluntariados aos usuários do HGP. A pessoa participa do seminário e, em contrapartida, vai beneficiar os usuários”, conclui.

O adesivaço de carros faz parte da campanha Julho Verde deste ano – Luciana Barros/Governo do Tocantins

Leia Também:  Governo do Tocantins adere à campanha global para eliminação da Hanseníase

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

SAÚDE

Profissionais do HGP são qualificados sobre cuidados paliativos e uso de acesso subcutâneo na assistência aos pacientes

Publicados

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) promoveu nesta sexta-feira, 24, o curso Cuidados Paliativos e o uso do acesso subcutâneo (hipodermoclise) na assistência aos pacientes, voltado para médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêuticos do Hospital Geral de Palmas (HGP).

A qualificação foi coordenada pelo Núcleo de Educação Permanente (NEP) em parceria com o Serviço de Cuidados Paliativos da unidade, na Escola Tocantinense do Sistema Único de Saúde (Etsus). “Nossa equipe se esforça diariamente para acolher da melhor forma as demandas de pacientes e familiares, com intuito de proporcionar alívio de sofrimento e que esse paciente possa viver o mais ativamente possível. É ofertada uma abordagem multiprofissional em todo o processo de assistência”, afirmou a médica paliativista e coordenadora do Serviço de Cuidados Paliativos do HGP, Jéssica Orsolin.

A especialista explica ainda que o trabalho busca respeitar sentimentos, valores, preferências e sentido de vida dos pacientes, para que as melhores decisões no cuidado sejam tomadas. “Focamos no cuidado de maneira individualizada, promovendo o alívio da dor e outros sintomas desagradáveis, integrando outras dimensões do cuidado, como a psicológica, social e espiritual. Oferecendo um sistema de suporte que possibilite o paciente viver tão ativamente quanto possível ao lado de seus familiares até o momento da sua partida”, informou.

Leia Também:  Mais de 35 mil doses de vacina da AstraZeneca chegam ao Tocantins neste sábado, 22

A farmacêutica da Unidade de Cuidados Intensivos (UCI), Izabel Ferreira dos Santos, participou pela primeira vez. “Acho de grande valia esse curso. Temos a oportunidade de conhecer um pouco mais da realidade dos pacientes paliativos. Somos uma equipe e podemos contribuir no tratamento e na qualidade de vida desses pacientes”, concluiu.

Outra profissional presente foi a enfermeira da oncologia, Amanda Moraes, que avaliou a capacitação como importante para profissionais. “Vem trazer conhecimento para que possamos desempenhar da melhor forma possível e oferecer um bom atendimento ao usuário”.

Educação permanente

A responsável pelo NEP, Vanessa Salgado, explica que a atuação do núcleo nesse processo visa qualificar a assistência prestada ao paciente. “A capacitação colabora com a missão de levar ações de educação permanente aos nossos colaboradores. Essa ação tem um grande potencial frente ao colaborador, por se aproximar da realidade da assistência, levando atendimento às suas necessidades de qualificação”, declarou.

Serviço de Cuidados Paliativos

O Serviço de Cuidados Paliativos do HGP se tornou referência para pacientes de todo o Estado. O setor conta uma equipe multiprofissional qualificada na assistência composta por médicos, assistentes sociais e enfermeiro, recebendo apoio de outros profissionais de saúde.

O Serviço de Cuidados Paliativos do Hospital Geral de Palmas se tornou referência para pacientes de todo o Estado – Luciana Barros/Governo do Tocantins

Leia Também:  Governo do Tocantins mantém repasses da Saúde aos 139 municípios

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA