PALMAS

Estado

Hospital Tia Dedé recebe melhorias e posto de coleta de leite humano

Na unidade são encontradas as especialidades de pediatria, ginecologia e obstetrícia, nutrição, psicologia, assistência social e outras.

Publicado em

O Hospital e Maternidade Tia Dedé, de Porto Nacional, é uma unidade de urgência e emergência com pronto socorro infantil que atende a casos de patologias clínicas de crianças de 0 a 11 anos e 11 meses de idade e com pronto socorro ginecológico e obstétrico que atende gestantes nas intercorrências da gestação, no acompanhamento da gravidez de alto risco e parto. 

 

E para ampliar ainda mais os serviços já oferecidos na unidade, além de atender às demandas de Porto Nacional e região e colaborar com os estoques do banco de leite humano do Hospital e Maternidade Dona Regina, em Palmas, a equipe do Tia Dedé não mediu esforços para conseguir implantar um posto de coleta de leite na unidade.

 

O espaço será utilizado para coleta de leite e o material  será encaminhado ao banco de leite do Dona Regina para ser pasteurizado. Depois de processado, parte ficará no banco, como contribuição para o estoque, e outra parte será devolvida ao Tia Dedé para utilização.

 

Segundo a diretora geral da maternidade, Edith Aires, o posto vai contribuir para a promoção, proteção e apoio a amamentação, além de suprir demandas. “O posto de leite humano vem dar apoio ao banco de leite do Hospital Dona Regina, além de ser o primeiro posto dentro de um hospital regional, que irá suprir as demandas da nossa região, já que iremos atender a 13 municípios da Região de Saúde Amor Perfeito”, destaca.

Leia Também:  Encerra hoje o período de renovação de matrículas na Rede Estadual de Ensino

 

Edith reforça ainda que o posto é de suma importância, já que o hospital Tia Dedé tem muitos recém-nascidos que necessitam de suplementação alimentar. “Temos vários casos de bebês que são prematuros ou mães que, por alguma razão não podem amamentar e com o posto conseguiremos atendê-los”, explicou.

 

A diretora lembra ainda que o projeto é resultado de parceria entre governo e ação comunitária. “Tendo em vista a necessidade de implantar este posto de coleta, buscamos parceiros para agilizar isso. Além do suporte que tivemos do governo, fizemos ações sociais que possibilitaram a aquisição de alguns equipamentos,” comenta.

 

As mães da unidade estão contentes e aprovaram a ação. “É muito bom a gente ter esse apoio do posto perto da gente”, disse Elenice Sousa.

 

Mais Melhorias

Com o apoio do grupo Escoteiros do Ar, servidores e comunidade, o hospital também conseguiu montar um jardimterapêutico que, além de embelezar o espaço, contribui para que o paciente tenha contato com a natureza e possa melhorar seu o quadro de saúde.

 

O governo do Estado ainda realizou outras melhorias e adequações como a humanização do espaço da recepção, implantação da sala de classificação de risco, melhorias no acesso interno entre os pavimentos I e II da maternidade, no centro obstétrico, com adequação da Central de Materiais e Esterilização, e corredores de acesso das alas internas. 

Leia Também:  Naturatins contratará 60 brigadistas temporários para atuar no período de estiagem do Estado

 

Além disso, o hospital também está contando com novos equipamentos para melhorar o atendimento como autoclave, oxímetros, suporte de soro, mesa de parto, caneta de bisturi, berços, bebedouros, aparelhos de ar condicionado, poltronas, computadores e outros.

 

Nesta terça-feira, 05, o governador Marcelo Miranda visitou o Tia Dedé e viu de perto as adequações realizadas na maternidade, que já possibilitam melhorias no atendimento a população. Na ocasião, o governador afirmou que pequenas atitudes podem se transformar em grandes projetos para auxiliar o trabalho dos profissionais de saúde.

 

O secretário de estado da Saúde, Marcos Musafir, lembra que a equipe do governo não mede esforços e trabalha diuturnamente para oferecer um melhor atendimento a população. “A cada dia vamos trabalhar mais e mais para que outros benefícios cheguem as pessoas”, reiterou. 

 

O Tia Dedé

O Hospital e Maternidade Tia Dedé também colabora para o planejamento familiar no controle de natalidade, através de métodos contraceptivos e esterilização voluntária, além de oferecer serviços de internação, com a capacidade instalada de 50 leitos. 

 

Na unidade são encontradas as especialidades de pediatria, ginecologia e obstetrícia, nutrição, psicologia, assistência social e outras. 

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Estado

Estado do Tocantins garante liberação imediata de R$ 50 milhões com o BRB para nova ponte de Porto Nacional

Published

on

Já estão disponíveis os recursos no valor de R$ 50 milhões, que foram liberados pelo Banco de Brasília (BRB) ao Estado do Tocantins para continuidade das obras na ponte em Porto Nacional. A liberação ocorreu mediante a apresentação de toda a documentação exigida referente à medição das obras por parte da comitiva do Tocantins ao BRB, nessa terça-feira, 16, em Brasília (DF), na sede do banco.

O secretário de Estado da Fazenda (Sefaz), Júlio Edstron, explica que a liberação de recursos como este pleiteado com o BRB é um processo. “Fizemos a medição e entregamos toda a documentação. As obras não foram paralisadas e seguirão o fluxo normal, viabilizadas pelo aporte repassado por nosso parceiro financeiro”, explicou o gestor da pasta, presente durante a reunião juntamente com o secretário de Estado da Administração (Secad), Paulo César Benfica.

O último ponto debatido foi a experiência do BRB na efetivação de projetos sociais em Brasília. O banco demonstrou o seu interesse em estabelecer parcerias nessa área com o Estado do Tocantins, com o objetivo de impulsionar o desenvolvimento local e regional. O presidente do BRB, Paulo Henrique Bezerra Rodrigues Costa, informou que o banco já cumpriu todas as exigências jurídicas para operar e abrir agências no Tocantins, criando, dessa forma, mais empregos e oportunidades.

Leia Também:  Governo instaura processo contra empresa responsável pelo concurso da PM

Parceria

O BRB é parceiro do Estado do Tocantins desde que foi assinado o primeiro contrato para viabilizar recursos para aplicação na obra na ponte em Porto Nacional. A primeira ponte sobre o Rio Tocantins foi construída na década de 70 e, depois de 40 anos, passou por interdições por conta da sua estrutura que necessitava de reparos e manutenção. Então, no ano de 2019, foi assinada a Ordem de Serviço para construção de uma nova ponte, que fica ao lado da antiga, visando trazer melhorias e seguridade no trânsito em uma das vias mais importantes do Estado, sobretudo para o escoamento da produção agropecuária.

A construção da nova ponte foi iniciada com receita própria do Estado do Tocantins e, com a assinatura com o BRB para liberação de R$ 149 milhões em convênio, foi possível dar celeridade aos serviços. As obras estão em andamento, ocorrendo dentro do calendário previsto pelo Estado e, desde o início da obra, já foram gerados centenas de empregos temporários envolvendo trabalhadores na construção da ponte.

Leia Também:  Plansaúde suspende atendimentos de urgência e emergência a partir desta quinta

A ponte terá 1.488 metros de extensão, com mais de 20 pilares, sendo pelo menos 15 de fundação submersa. A via liga a cidade de Porto Nacional ao município de Fátima e a outras localidades do Tocantins.

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA