PALMAS

Estado

Médicos do serviço público estadual entram em greve a partir desta terça-feira

A greve atingirá os atendimentos ambulatoriais e as cirurgias eletivas. Urgência e emergência serão mantidos.

Publicado em

Os médicos que atuam no serviço público estadual de saúde decidiram iniciar a greve geral da categoria na próxima terça-feira, 16 de agosto.  A greve dos médicos vai atingir os atendimentos ambulatoriais e as cirurgias eletivas. Serviços de urgência e emergência serão mantidos.
 

A decisão foi unânime em assembleia na noite desta quinta-feira, 11, na sede do Sindicato dos Médicos no Tocantins (SIMED-TO). O SIMED-TO, como os demais sindicatos que compõem o movimento grevista, cobra do governo do Tocantins o pagamento dos retroativos da revisão geral anual (data-base) de 2015, bem como a implantação da revisão geral anual (data-base) de 2016.

 

“Esta é a primeira vez, em 27 anos de existência, que o SIMED-TO publica um edital convocando os médicos para decidirem sobre uma greve. Até hoje, sempre conseguimos manter os serviços de saúde funcionando através de muita conversa e negociação com o governo, demais sindicatos da saúde e os profissionais. Mas chegamos ao limite das negociações que não estão sendo cumpridas”, explica Janice Painkow, presidente do SIMED-TO.

Leia Também:  Ruraltins participa da semana dos alimentos orgânicos

 

Com a assembleia de ontem, o SIMED-TO agora tem 72 horas para realizar os trâmites legais para por a greve em prática. Este prazo se encerra na segunda-feira, 15, e, na terça-feira a paralisação começará efetivamente.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Estado

Conceição Alves Irmã é empossada vereadora de Palmas

Published

on

A Câmara de Palmas deu posse nesta quarta-feira, 17, à suplente da vaga do Patriota, Maria da Conceição Alves de Melo. Ela substituirá José do Lago Folha Filho, que se licenciou para assumir a Secretaria de Governo e Relações Institucionais da Prefeitura de Palmas.

Em seu discurso, a vereadora agradeceu a todos e falou sobre a linha de trabalho que pretende adotar no período que estiver na Casa de Lei. “Defenderei e apoiarei mulheres, jovens, crianças e adolescentes. Atuarei pela valorização dos servidores públicos, zelando pela garantia dos seus direitos. Irei ainda fortalecer a relação do Legislativo com os representantes de bairros. Assim poderemos desenvolver políticas públicas e sociais”, comentou.

Natural de Porto Nacional, Maria da Conceição é moradora de Palmas desde 1991. Ela tem 58 anos e se define como uma mulher de atitude, trabalhadora, dedicada às causas sociais, que zela pela família, emprego e bem estar de todos. A vereadora angariou 546 votos na eleição de 2020.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governo do Estado faz concessão de incentivos fiscais para o setor de avicultura
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA