PALMAS

CIDADES

Procon vai criar atendimento especializado a superendividados

diálogo sobre superendividamento, foi aberto na tarde desta segunda-feira, 29, no auditório da Defensoria Pública do Estado do Tocantins.

Publicado em

A Superintendência de Proteção aos Direitos do Consumidor (ProconTocantins), vai estruturar setor de atendimento a consumidores incluídos no grupo dos superendividados, inicialmente em Palmas, que tem os maiores índices registrados no Procon e, paulatinamente, prosseguir a implantação em Gurupi, no sul do Estado e Araguaina, na região centro-norte, que concentram número considerável de famílias com esta situação de inadimplência.

 

O superintendente Nelito Vieira Cavalcante está participando do curso com o tema “Diálogo sobre Superendividamento”, iniciado hoje, dia 29, na Capital,   junto com servidores do Procon dos 10 Núcleos regionais, onde são abordados exemplos e condutas para bem orientar as pessoas que vierem ao Procon em busca de solução para seus casos. Presentes na abertura o Defensor Público Geral do Tocantins Marlon Costa Amorim, o presidente da Associação dos Defensores Públicos do Estado do Tocantins, Neuton Jardim dos Santos e o coordenador do Nudecon, Fabrício Brito.

 

A capacitação está sendo dada pelos palestrantes Patrícia Cardoso Maciel Tavares (Defensora Pública do Rio de Janeiro) e Carlos Eduardo Batalha Tardin (Gestor da Escola de Educação Financeira Rio Previdência), que repassam suas experiências de sucesso em negociações envolvendo 25 mil atendidos no Rio de Janeiro nos últimos cinco anos, conforme o professor Batalha.

 

A palestra deste dia trata dos “Aspectos Psicológicos do Endividamento e do Superendividamento”, proferida pela defensora pública Patrícia Tavares; amanhã, dia 30, ela explanará sobre o funcionamento do Núcleo de Defesa do Consumidor (Nudecon) na estrutura da Defensoria Pública do Rio de Janeiro, e enfatizando como se desenvolve o programa de assistência e prevenção ao superendividamento.

Leia Também:  Sine de Palmas divulga mais de 50 vagas de emprego nesta segunda, 07

 

O gestor Carlos Eduardo Batalha ressalta a importância dos governos estaduais estarem se comunicando “num momento que o endividamento é uma realidade da nossa população”, diz. Segundo ele, o Tocantins é o 1º a tomar a frente para desenvolver um trabalho similar ao do Rio de Janeiro, e interessar-se ainda a implantar Escola de Educação Financeira, que pode servir de referencia aos demais.

 

O modelo apresentado por Batalha tem associação com a Defensoria Pública  atuando junto ao Núcleo de Defesa do Consumidor, área que concentra o atendimento ao superendividado. Ele recomenda atendimento individual pra ajudar as pessoas a se reorganizarem financeiramente com muita responsabilidade e empenho, utilizando passos e um modelo de funcionamento que atenda e satisfaça o consumidor.

 

Parceria

A Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE) é parceira do Procon através do Núcleo Especializado de Defesa do Consumidor (Nudecon) e o Centro de Estudos Jurídicos (CEJUR). O curso é direcionado ao Procon, Defensoria Pública do Tocantins e órgãos que fazem parte do Sistema Estadual de Defesa do Consumidor do Estado do Tocantins (Defensoria Pública da União, Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – seccional Tocantins, Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes Contra o Consumidor e a Economia Popular e Poder Judiciário).

Leia Também:  Dupla é condenada a 18 anos de prisão por invadir e roubar funcionários do CREAS em Araguaína

 

Programação

 

Dia 29/08/2016

 

13h30 Credenciamento

14h00 Abertura

14h15 Palestrante: Patrícia Cardoso Maciel Tavares – Defensora Pública do Estado do Rio de Janeiro – Tema: Aspectos Psicológicos do endividamento e do superendividamento – Conceito e contextualização do fenômeno

18h00 Encerramento

 

Dia 30/08/2016

 

08h30 Palestrante: Patrícia Cardoso Maciel Tavares – Defensora Pública do Estado do Rio de Janeiro – Tema: Como funciona o Núcleo de Defesa do Consumidor (NUDECON) – Núcleo Especializado da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro – Como o NUDECON desenvolve o programa de assistência e prevenção ao superendividamento

12h00 Intervalo

14h00 Palestrante: Carlos Eduardo Batalha – Gestor da Escola de Educação Financeira Rioprevidência – Tema: Como funciona a Escola de Educação Financeira do Rioprevidência – Seus Projetos e desafios; Uma estrutura curricular multidisciplinar que envolve parcerias

18h00 Encerramento

 

Dia 31/08/2016

 

08h30 Palestrante: Patrícia Cardoso Maciel Tavares – Defensora Pública do Estado do Rio de Janeiro – Tema: Triagem-Formulário-Audiência – Dr. Finanças (as 5 etapas do atendimento ao superendividado)

12h00 Encerramento

 

Crédito das fotos: Loise Maria (Defensoria Pública do TO)

 

Foto 1-mesa composta para abertura do evento

Foto 2-Nelito Cavalcante discursa sobre importância do curso

Foto 3-Defensora Pública do RJ Patricia Maciel palestrante

Foto 4-Público composto por defensores e servidores

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

CIDADES

Fanta Maracujá volta ao mercado brasileiro e lança plataforma “Mais Mix, Mais Diversão”

Published

on

Com o lançamento de Fanta Maracujá, a marca está expandindo seu portfólio e convidando os consumidores a combinarem Fanta com seu lanche favorito 

Desde 2021, Fanta vem se posicionando como um antídoto contra o ´cinza´ do mundo com a campanha “Colorful People”, que celebra os jovens de espírito que querem evocar o lado colorido da vida. Fanta convida as pessoas a se divertirem e apreciarem um momento de indulgência em suas rotinas, criando experiências mais coloridas e cheias de sabor. No Brasil, a marca acaba de lançar o sabor regular Maracujá, inovando e aumentando o portfólio de sabores existentes: Laranja, Uva e Guaraná.

O sabor Maracujá já foi testado no mercado brasileiro em 2012 na edição limitada e, agora, volta como opção regular de Fanta para os consumidores da marca inquietos por novidades. Uma pesquisa realizada pela marca no Brasil, mostrou que o maracujá era o próximo sabor mais desejado do refrigerante no país. Fanta Maracujá já está disponível nos mercados de todo o Brasil em embalagens mini (200ml/220ml ou 250ml), lata 310ml ou 350ml e PET de 2L.

Além disso, para reforçar esse compromisso com o novo e com os anseios dos consumidores, a marca também lançou a plataforma “Mais mix, mais diversão”, que estimula o consumidor a combinar seu sabor da Fanta favorito com lanches, momentos e paixões.

O conceito da nova plataforma “Mais mix, mais diversão” integra consumidores e criadores com o novo mundo indulgente da marca, com bom humor, que quebra a seriedade do dia a dia e oferece momentos leves e coloridos através de lanches deliciosos – pequenos momentos de pausa para se recompensar. A ideia é inspirar a descoberta de novas combinações. Os seus lanches favoritos e seu sabor de Fanta favorito, podem oferecer uma combinação especial, tornando tudo mais divertido, e é claro, saboroso. E pode ser combinado até com uma enorme paixão e suas rotinas ou um grande momento especial. O convite é para criar sabores com seus lanches favoritos, então desta forma, eles podem experimentar criar seus próprios sabores de Fanta combinados. Para essa divulgação, a marca contou com Nosferotika e Ary Fontoura falando um pouco dos snacks preferidos com Fanta.

Leia Também:  Dupla é condenada a 18 anos de prisão por invadir e roubar funcionários do CREAS em Araguaína

“Identificamos que os consumidores querem trazer mais cor, diversidade e diversão para seus dias. Por isso, quisemos fazer da Fanta a parceira perfeita para suas necessidades e tornar-se uma alternativa divertida para misturar e trazer cor aos seus lanches diários. Estamos lançando novos sabores em toda a América Latina, como o Maracujá no Brasil, com base nas preferências dos consumidores de cada mercado. Esta novidade pretende motivar as pessoas a despertarem seu “espírito jovem” para lutar contra o tédio no mundo, para trazer humor e tornar a vida mais divertida e colorida, como nossa campanha “Mais mix, mais diversão” diz Javier Meza, VP de Marketing da Coca-Cola América Latina.  

Todas estas ativações e lançamentos de novos sabores fazem parte da expansão estratégica da marca pela América Latina, convidando o público a fazer parte do processo de criação e diversão, fazendo combinações e encontrando seu jeito favorito próprio de consumir Fanta.

Sobre a Coca-Cola Bandeirantes

A Coca-Cola Bandeirantes é uma empresa do segmento de bebidas do Grupo José Alves que atua nos estados de Goiás e Tocantins há mais de 35 anos. Fundada em 1987, emprega mais de 2.700 colaboradores diretos e 5.000 indiretos. A empresa possui um centro produtor situado no município de Trindade, em Goiás, com nove centros de distribuição nas cidades de Palmas, Gurupi, Itumbiara, Uruaçu, Anápolis, Dianópolis, Rialma, Porangatu, Morrinhos e três Crossdocking nas cidades de São Luís de Montes Belos, Rio Verde e Aparecida de Goiânia. Atende diretamente 228 cidades e mais de 33.400 pontos de vendas.

Leia Também:  Prefeitura anuncia novo reajuste do valor da tarifa do transporte público de Palmas

Produz, distribui e vende de forma exclusiva em sua área de atendimento, os refrigerantes da Coca-Cola Brasil, além do suco Del Valle Frut. Distribui e vende de forma exclusiva para sua área de atendimento, as cervejas da Heineken Brasil, as Cervejas do Grupo Cervejeiro Hijos de Rivera com a marca Estrella Galícia, os sucos, chás, energéticos, isotônicos, hidrotônicos e Bebidas a base de Soja (Ades) da Coca-Cola Brasil e as águas minerais da Crystal Acqua Lia. Realiza também a distribuição das marcas Monster Company, com o energético Monster e a bebida de alta performance Reign.

Como a sustentabilidade é um compromisso da empresa, ela investe fortemente em projetos socioambientais, como o Projeto Coletivo Online, capacitação de jovens das classes C, D e E para o mercado de trabalho, Programa Reciclar pelo Brasil/Logística Reversa, no apoio às cooperativas de reciclagem com o incentivo a reciclagem de embalagens PET. A previsão para 2030 é que 100% das embalagens colocadas no mercado sejam recolhidas (logística reversa), além de aumentar a eficiência do consumo de recursos naturais: água e energia, reduzir a emissão de carbono, promover o desenvolvimento de embalagens sustentáveis e suportar a expansão e continuidade do negócio.

 

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA