PALMAS

ECONOMIA

TRE-TO economiza mais de 20 mil reais na conta de energia

Entre as principais mudanças está o horário de funcionamento, os servidores que antes entravam às 12h e saiam às 19h, passaram a entrar às 11h e sair às 18h.

Publicado em

As questões ambientais têm sido uma preocupação para as instituições, por isso o Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) vem adotando uma série de medidas para preservar o meio ambiente e otimizar os recursos. Entre as ações está a mudança de horário de funcionamento do Tribunal, que em dois meses proporcionou uma economia de mais de 20 mil reais.

 

A partir do dia 1º de março os servidores que antes entravam às 12h e saiam às 19h, passaram a entrar às 11h e sair às 18h.

 

“O valor da tarifa de energia após as 18h tem um acréscimo de 8,55 vezes maior do que o valor da tarifa em horário normal. Fizemos um estudo de modo que houvesse economia sem perdas no funcionamento da Justiça Eleitoral e atendimento ao público”, explicou a presidente, desembargadora Ângela Prudente.

 

Além da mudança de horário, o TRE-TO realiza campanhas de conscientização para que os servidores utilizem de forma consciente os equipamentos eletrônicos, desligando sempre que não estiverem usando os computadores, ar-condicionado, impressoras e até mesmo a luz do monitor.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Energia solar é alternativa mais econômica para quem pensa a longo prazo
Advertisement

ECONOMIA

Sebrae renova convênio com o Sistema FIETO para projeto do Força Mulher

Published

on

Capacitações serão realizadas em diversas áreas, por meio do SENAI.
 
Com o objetivo de despertar nas mulheres o foco na geração de renda através de capacitações, o projeto Força Mulher, realizado pelo Sebrae, renova com o importante aliado, o Sistema FIETO por meio do SENAI – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial.

A assinatura da contratação entre Sebrae e o Sistema FIETO, com prazo de um ano para execução, nesta quinta-feira, 18. A parceria, que deseja aliar empreendedorismo com inovação, contemplará, por meio do SENAI, a formação de até 300 turmas para realização de oficinas profissionalizantes nas áreas de refrigeração, construção civil, alimentos e vestuário em vários municípios do Tocantins.

Ao final do processo de capacitação, as mulheres que desejarem empreender receberão mentoria gratuita e um kit para empreender contendo os equipamentos básicos para abertura do primeiro negócio.

Moisés Gomes, diretor superintendente do Sebrae, destacou que o projeto é um importante caminho para as mulheres serem donas de sua autonomia financeira. “O interessante é que elas recebem também cursos em áreas, que até então, eram demandas somente aos homens, como no setor da construção civil, por exemplo. Ou seja, as mulheres estão, cada vez mais, assumindo a competência de posições antes predominantemente masculinas”, comentou.  

Leia Também:  Comércio de Palmas tem mais de R$189 milhões a receber de dívidas atrasadas

O presidente do Sistema FIETO, Roberto Pires, enfatizou que somar ao Força Mulher, na execução de cursos da área da educação profissionalizante, maior expertise do SENAI, é gratificante. “O projeto virou referência nacional e agradecemos o reconhecimento e a confiança do Sebrae nesta parceria tão importante para as nossas futuras empreendedoras”, ressaltou.

Presentes

A assinatura do termo contou com a presença do presidente do Sebrae, Rogério Ramos, presidente do Sistema FIETO, Roberto Pires, diretor superintendente do Sebrae, Moisés Gomes, diretor técnico, administrativo e financeiro do Sebrae, Jarbas Meurer, diretora do SENAI, Márcia Rodrigues, gerente do Sebrae, Magvan Botelho e a analista do Sebrae, Luciana Retes.
 
Projeto Força Mulher

Como alternativa para vencer a crise econômica agravada pela pandemia, o Sebrae idealizou, em 2021, o projeto Força Mulher. O objetivo é proporcionar às mulheres tocantinenses, em situação de vulnerabilidade social, condições necessárias à abertura de novos negócios.

O Sebrae entrou com a capacitação empreendedora e as instituições parceiras com a capacitação profissionalizante.

Foram destinados R$ 9 milhões provenientes do Sebrae Nacional e mais R$1.500.000,00articulados de forma pioneira pelo Sebrae TO no Brasil por meio de emenda parlamentar, que garantiram o custeio das atividades e o kit de materiais e insumos para empreender.

Leia Também:  Empreendedores do Tocantins já receberam mais de meio milhão de reais em empréstimos

Por Aurielly Painkov – assessoria presidência da FIETO

Fonte: FIETO

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA